Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.

Sportradar ajuda em caso de manipulação de resultados

Sportradar ajuda em caso de manipulação de resultados

Em parceria junto com a Federação Paulista de Futebol, a Sportradar ajuda em caso de manipulação de resultados do Paulista A3.

por Academia   |   comentários 0

No dia 18 de setembro, o Barretos foi derrotado pelo clube do Linense por 4x0, e em avaliação da Sportradar algumas movimentações em casas de apostas eram no mínimo suspeitas. Assim, a Sportradar ajuda no caso de manipulação de resultados, juntamente com a Federação Paulista de Futebol (FPF). A Sportradar é responsável por acompanhar os acontecimentos das partidas estaduais.
 

Faz parte do nosso canal no Telegram - Clicando AQUI!

 
A goleada aplicada pelo Linense foi com dois golos de grande penalidade e um auto golo, nos acréscimos da partida. Assim, de acordo com a empresa responsável pelo monitoramento, em relatório feito, os apostadores já aguardavam a goleada. O relatório da Sportradar ajudou na punição preventiva ao Barreto e cinco jogadores, por suspeita de manipulação de resultados.
 
Além disso, esse relatório foi enviado à Delegacia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva (Drade), que mostrou um alto fluxo de apostas após o apito inicial de partida na goleada, o que vai contra as probabilidades de início de partida.
 
“Os padrões de aposta contrastavam com as expectativas lógicas e não havia nenhuma explicação legítima para os mesmos com base nos eventos que aconteciam no campo de jogo.” - é o que diz o relatório da Sportradar. “Desta forma, só é possível concluir que os apostadores tinham conhecimento prévio de que o Barretos perderia por, pelo menos, quatro golos.”
 

Punições

De acordo com o documento da Sportradar, o TJD-SP (Tribunal de Justiça Desportiva) afastou preventivamente o guarda redes Pedro, os atacantes Fabrício e Derik (os dois que fizeram as grandes penalidades) e os defensores Roberth (que fez o auto golo) e Edson Rocha.
 
Neste jogo, Edson Rocha não teria participação direta nos lances, porém é suspeito de ter atuado em dois jogos em 2017 pela União Barbarense, com suspeitas de manipulações de resultados envolvendo as apostas. Além disso, a Polícia Civil está a investigar sobre possíveis infrações ao Estatuto do Torcedor, por conta de crimes de estelionato e associação criminosa.
 
Outra partida que está a ser analisada é a vitória do Olímpia contra o Paulista, por 3x2. Assim, Barretos, Olímpia e Paulista estão afastados até o dia 8 de novembro e não poderão registar jogadores em novos campeonatos até que ocorra o julgamento do TJD-SP. Entretanto, não há datas para que isso ocorra.
 

Presidente do Barretos

Julio Eduardo Addad, presidente do Barretos, reclamou da postura da FPF e do TJD-SP no desdobramento do caso de manipulação. “O jogo foi às 17h. Nós tivemos problema de fuga de gás no alojamento e não foi possível dar almoço ao elenco na hora. Tivemos de encomendar marmitex e eles só almoçaram às 14h30. É muito em cima da hora” – disse Addad.
 
O presidente ainda reclamou dos penaltis marcados contra sua equipa. “No quarto golo, o nosso jogador não cabeceou para o golo. A bola bateu no rosto dele. Ele disse que se atrapalhou com a iluminação, e não é a primeira reclamação que temos quanto a isso. Mas [a FPF e TJD] só selecionaram alguns lances. O nosso guarda redes, por exemplo, foi o melhor em campo. Fechou a baliza.”
 
O presidente do TJD-SP também falou sobre o caso, segundo ele, está apenas a cumprir o procedimento protocolar. “Ele [Addad] pode acreditar no que quiser. É uma investigação criminal agora. É com a polícia. Se não encontrarem nada, morreu o assunto. Ele pode reclamar o quanto quiser. [O pedido de inquérito] veio para mim, eu confirmei. Não vou julgar ninguém”.
 

Sportradar

A Spotradar é uma empresa multinacional que possui sede em St.Gallen, na Suíca, responsável por coletar e analisar dados desportivos. Além disso, a empresa trabalha também para casas de apostas, federações desportivas nacionais e internacionais, além de empresa de mídia em mais de 80 países.
 
A Sportradar é de prestígio internacional e tem diversos parceiros no Brasil, país que ainda não tem uma regulamentação concreta para as apostas desportivas.
 
Com a falta de leis e monitorização rígido de segurança, fica mais fácil ocorrerem erros neste cenário. Por este facto, a Sportradar é fundamental para a manutenção e integridade desportiva de qualquer divisão ou modalidade.
 

Partilhar "Sportradar ajuda em caso de manipulação de resultados" via: