Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.

Vasco da Gama pretende investir no mundo eSports

Vasco da Gama pretende investir no mundo eSports

"Sabíamos que essa pressão viria, essa cobrança pela nossa atuação em equipes profissionais".

diretor de eSports do Vasco, Álvaro Cysneiros

por Academia   |   comentários 0

O Vasco da Gama deu o braço a torcer no final de abril e a direção do clube revelou que pretende investir em eSports. O intuito inicial é recrutar jovens da claque do Cruzmaltino para formar uma equipa de desporto eletrénico, visando entrar primeiro no mercado do jogo Free Fire.

No futuro, o Vasco pretende que os profissionais entrem em mais modalidades de eSports. Neste momento, os jovens serão orientados pelas escolinhas de eSports do respetivo clube.

O Vasco cedeu aos pedidos depois de adeptos do clube e também fãs da modalidade de eSports insistirem tanto com o clube para "caminhar junto com a torcida", revelou Carlos Gama, diretor adjunto do Cruzmaltino. Carlos ainda afirmou que refuta totalmente a ideia de comprar equipas já formadas para a área, visando investir em novos jogadores para os campeonatos. A missão principal é recrutar novos talentos dentro do São Januário.

"As propostas de grandes empresários e grandes investidores para montar equipes chegaram até o clube. Nós olhamos, avaliamos, entendemos, mas temos um compromisso em andar junto com a torcida. Queremos isso. A torcida construiu São Januário. A torcida construiu o CT. Então por que não sair da torcida, como é uma promessa nossa, uma line de Free Fire? Vai demorar mais para chegarmos na liga principal? Vai. Mas veio da torcida. A proposta é essa desde o início. Nosso DNA é esse".

O atual diretor de eSports do Vasco, Álvaro Cysneiros, revelou que:

"Sabíamos que essa pressão viria, essa cobrança pela nossa atuação em equipes profissionais. Isso está no nosso plano. Queremos encerrar já nesse ano com equipes profissionais em jogos diferentes. Estamos, nesse momento, debruçados nas escolhas que vamos fazer para termos uma atuação relevante. Existe, sim, o desejo, o plano, de lançarmos equipes profissionais em um curto espaço de tempo. Como, quando ou que jogo ainda precisamos de um tempo maior".

 

Partilhar "Vasco da Gama pretende investir no mundo eSports" via: