Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.

Santa Casa vai pedir licença de jogo online

Santa Casa vai pedir licença de jogo online

Placard disponível online?

A Santa Casa de Misericórdia de Lisboa tinha decidido manter-se fora das apostas online mas agora mudou de ideias. Pedro Santana Lopes comunicou ao DN a intenção de pedir uma licença para exploração das apostas desportivas online.

por Academia   |   comentários 0

Segundo um anúncio feito ontem pelo provedor da SCML, Pedro Santana Lopes, a Santa Casa vai avançar para o negócio do jogo online, o que vem contrariar a decisão do vice-provedor, Fernando Paes Afonso, que se demitiu em janeiro deste ano.

Recorde-se que em Dezembro de 2015, a SCML tinha decidido não se candidatar a uma licença para exploração das apostas desportivas online, publicado na notícia "O Placard não vai ser uma casa de apostas online".

SCML está a preparar um pedido de “exploração do online a que temos direito”
Na apresentação do relatório e contas da instituição, relativo a 2015, Santana Lopes não deixou margem para dúvidas:

"Decidimos entrar na exploração do jogo online. Estão a reunir-se as condições para que isso seja possível. [Estamos a preparar um pedido de] licença para a exploração do online a que temos direito"

Santana Lopes

A Santa Casa junta-se desta forma aos 11 operadores que já apresentaram pedidos de licenças de exploração de jogo online. Neste momento apenas a Betclic já comunicou a atribuição da sua licença para operar em Portugal.

Decisão de Santana Lopes contraria a intenção do anterior vice-provedor Fernando Paes Afonso

Em declarações ao Jornal Público, Paes Afonso comunicou, a 28 de dezembro de 2015, que a Santa Casa não ia requerer licença de jogo online e que o Placard se manteria apenas como jogo de apostas desportivas à cota de base territorial, pela natureza e fins estatutários que prossegue a SCML.

Pedro Santana Lopes já tinha afirmado em Março de 2015 que a Santa Casa se poderia vir a candidatar a uma licença de jogo online, mas a comunicação em Dezembro de Paes Afonso foi em sentido contrário.

Mas a 28 de janeiro deste ano o vice-provedor Paes Afonso pediu a demissão (ler notícia da demissão de Paes Afonso), na sequência da polémica causada por menores de idade apanhados a jogador no Placard. Esta demissão parece assim ter aberto caminho à intenção de Santana Lopes de pedir uma licença de jogo online em nome da Santa Casa.

in Diário de Notícias, 25 de Maio de 2016


Para saberes mais sobre o Placard recomendamos o artigo “Como ganhar dinheiro no Placard?
Se gostas de ler previsões fundamentadas de apostas, então visita esta área da nossa comunidade: Análises e previsões de futebol, ténis, basquetebol - Academia das Apostas.

 

, , ,

Partilhar "Santa Casa vai pedir licença de jogo online" via: