Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.

Português Milionário

Português Milionário
Entrevista concedida à revista semanal Sábado, publicada em 10 de Março de 2011.

"Um jogo pode render-me 25 mil euros."

"Para ter lucro tem de analisar mesmo tudo: as equipas, os campos e o estado de espírito dos jogadores. Pode dar mil ordens por jogo."
por Paulo Rebelo   |   comentários 0

A notícia completa está disponível em PDF para download, mas aqui ficam algums excertos.


"Paulo Rebelo começou a fazer apostas em jogos de futebol com 50 euros e hoje vive só disso. Aos 28 anos, tem dois Ferraris e três casas."

"Um jogo pode render-me 25 mil euros."

"Para ter lucro tem de analisar mesmo tudo: as equipas, os campos e o estado de espírito dos jogadores. Pode dar mil ordens por jogo."

"É do Benfica, mas, quando aposta, Paulo Rebelo até pode lucrar com a derrota do seu clube. Há cinco anos que ganha dinheiro a analisar o mercado de apostas online, ou seja, durante um jogo de futebol compra e vende apostas através do site Betfair."

"Agora já trabalho com o Benfica, o meu clube, mas no início deu-me muito prejuízo: para mim o Benfica ia ganhar sempre."


No final da entrevista, o Paulo Rebelo concedeu também uma entrevista em vídeo onde dá algumas dicas sobre como apostar:

À SÁBADO, o apostador deixa as dicas para quem quer apostar na Internet.


Um dos erros em que normalmente as pessoas caem é de pensarem que é com muito dinheiro nas apostas que se consegue ganhar dinheiro. Não é, quem não consegue ganhar dinheiro com 10€, não consegue ganhar dinheiro com 1000€ também, por isso antes de começarem a investir muito dinheiro comecem com pouco dinheiro e só depois do momento em que conseguirem ganhar dinheiro de uma forma sistemática, então ai podem começar a ir aumentando gradualmente o valor das vossas apostas.

Quando nós perdemos alguma aposta e o consideramos injusto, porque o Cardozo falou o penalti mais uma vez e perdemos dinheiro com essa aposta, a tendência é procurar o próximo jogo que estiver a dar e apostar mesmo sem conhecer qualquer uma das equipas, “apostar nos amarelos, vamos apostar nos amarelos”, isso é um erro muito grave que o fazemos com o intuito de recuperar rapidamente o dinheiro perdido. Ora se nos obrigamos a justificar as apostas, esta justificação “recuperar rapidamente o dinheiro perdido”, obviamente não vai para a nossa folha de justificações e conseguimos evitar estes erros que muito frequentemente acabam com a banca de alguns dos apostadores.

Não apostem no vosso clube do coração. Porquê?

Com o nosso clube do coração nós somos menos capazes de pensar racionalmente, somos tentados a achar que o nosso clube vai ganhar sempre, comigo isso aconteceu com o Benfica, comigo o Benfica ia sempre ganhar nem que tivesse a perder 2-0 ao minuto 85’, eu achava que p Benfica ia marcar 3 golos e ia ganhar o jogo. É um pouco difícil separar as duas coisas, o que nós queremos, que o nosso clube ganhe, e a nossa capacidade de achar que aquilo é uma posta de valor.

O sucesso pode ser um indutor de erro, ou seja, o sucesso pode-nos levar a perder dinheiro. Porquê?

Primeiro pela razão mais tonta de todas, que é, quando nós estamos numa onda positiva e conseguimos analisar bem o mercado, bem as apostas, e conseguimos escolher uma série de apostas de valor, temos tendência a achar que vamos acertar em tudo que mexe e pomo-nos a colocar apostas em qualquer coisa e isso a longo prazo tendemos a perder dinheiro.

Mas a razão principal pela qual o sucesso se pode transformar num indutor de erro, isso aconteceu comigo, eu sistematicamente a seguir a conseguir o meu melhor mês de sempre até à altura, o mês a seguir era um mês péssimo. Um bom apostador tem que ter o mérito, tem que ter a capacidade de interpretar, de encontrar, de descobrir apostas, selecções de valor, apostas que dêem lucro. Mas antes de tudo isso, um bom apostador tem que ter a sorte de essas apostas estarem no mercado quando o apostador está também. Por isso quando as apostas não estão no mercado, nós não podemos simplesmente fazer com que elas apareçam e por isso não podemos obrigar-nos a ter qualquer tipo de objectivo, porque nós não controlamos os factores todos que estão inerentes às apostas.

Download da entrevista completa em PDF.


, , , , , , , , ,

Partilhar "Português Milionário" via: